Internações involuntárias

Internações involuntárias

As internações involuntárias são o tipo de internação realizada sem o consentimento do paciente.

Sem dúvida que as internações voluntárias são melhores, pois o paciente se sujeita espontaneamente ao tratamento.

É comum que haja uma certa relutância no começo, mas passado esse primeiro momento e o paciente aceitando o tratamento, tudo fica mais fácil.

Entre as internações onde o paciente não autoriza o tratamento estão as internações involuntárias e as internações compulsórias. Ambas são parecidas, mas possuem algumas diferenças.

As internações involuntárias, não necessitam da autorização do paciente para serem realizadas. Porém precisam do consentimento da família ou do responsável.

As internações involuntárias geralmente são solicitadas e autorizadas pela família do paciente. Mas antes que ela ocorra, é necessária uma avaliação médica.

Após a avaliação, o profissional da área da saúde irá decidir se a internação involuntária é necessária ou não. No caso de o paciente não possuir parentes ou familiares próximos, a decisão fica exclusivamente por conta do médico responsável.

A internação involuntária costuma ser um pouco polêmica, pois trata-se de internar um paciente em uma clínica de recuperação contra sua vontade.

Ou seja, significa forçar uma pessoa a fazer algo que ela não esteja de acordo. Mas quando o assunto é dependência química ou alcoolismo, é um caso de vida ou morte, literalmente falando.

Existem situações onde o dependente químico ou alcoólico não consegue tomar decisões por si só, devido às complicações causadas pela doença.

Tanto dependência química quanto alcoolismo são transtornos mentais.

E se não forem tratados o quanto antes, podem causar danos ao cérebro que dificultam o paciente discernir o que é certo ou errado. O que é bom ou ruim para si próprio e para outras pessoas, entre outros problemas.

Quando as internações involuntárias são necessárias: exemplos e comparações

Outra situação onde as internações involuntárias são necessárias é quando o paciente se torna um risco para outras pessoas ou para si próprio.

Por exemplo, quando faz tentativas de suicídio ou quando se torna muito agressivo com outras pessoas, inclusive familiares.

Podemos comparar um dependente químico que já não é mais responsável por seus atos a uma criança pequena.

Ambos não têm o discernimento necessário para tomar as melhores decisões para suas vidas e precisam da ajuda de terceiros para tal. No caso da criança, precisa dos pais ou responsáveis.

No caso do dependente químico, é bem parecido, também precisa da ajuda da família ou de pessoas próximas para que dê início ao tratamento contra a dependência química ou alcoolismo.

Naturalmente as famílias dos dependentes químicos que optam pelas internações involuntárias devem se preocupar com sua integridade física do ente querido no momento da internação e escolher uma clínica de recuperação que tenha a mesma preocupação, que trabalhe com profissionais qualificados e preparados para realizar internações involuntárias sempre zelando pela segurança do paciente.

E é justamente aí que o Ache Clínicas de Recuperação se encaixa. Nós indicamos as melhores clínicas de reabilitação para dependentes químicos e alcoólicos da sua região. Independentemente de onde você estiver.

Para saber mais sobre o tratamento para dependentes químicos e internações involuntárias, entre em contato conosco agora mesmo. Será uma satisfação para nós poder ajudar!

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.